UM POUCO DE MUITA COISA: ISABEL ALLENDE, CRISTINA RICKARDSSON E PAUL COLLIER

O Chile é o único país da América do Sul que já teve dois escritores laureados com o Prêmio Nobel de Literatura. Os dois foram poetas, a primeira foi Gabriela Mitral em 1945, até hoje a única mulher latino-americana laureada, e o segundo foi Pablo Neruda em 1971. O blog 500Livros já leu Canto Geral, a obra máxima de Neruda. Clique aqui e relembre.


Na meta de leitura para 2017, está o livro A Casa dos Espíritos da escritora Isabel Allende.  Ao contrário do que o título possa sugerir, não é um livro espírita, mas sim, realismo fantástico para narrar a saga de uma família. Lembra Cem Anos de Solidão do Nobel colombiano Gabriel García Marquez. A Casa dos Espíritos foi lançado em 1982 e transformado em filme em 1993 (disponível no Netflix). Este é, até hoje, o romance mais famoso da escritora Isabel Allende.

O pai de Isabel era primo do presidente Salvador Allende (deposto pelo general Pinochet). Sua família teve que fugir para o Peru, onde Isabel nasceu. Mais tarde, a família regressou para o Chile, mas atualmente Isabel Allende mora nos Estados Unidos. Ainda estou numa fase inicial de leitura para formar uma opinião, mas, inicialmente,  A Casa dos Espíritos parece um livro muito bom.

Seguem algumas dicas de leitura...

NUNCA PARE DE CAMINHAR – CHRISTINA RICKARDSSON  

Este livro é uma autobiografia de uma menina pobre no Brasil, filha de uma mãe solteira que chegou a morar numa caverna dentro de um parque em Minas Gerais, foi caminhando para São Paulo, lá morou nas ruas, viu sua melhor amiga ser assassinada e foi parar num orfanato. Lá foi adotada por um casal de suecos que a levou para a Suécia. A menina cresceu e se educou naquele país, então, quis redescobrir seu passado e suas origens brasileiras. Nunca Pare de Caminhar é uma alusão ao que sua mãe biológica costumava lhe dizer. O livro já é um best-seller na Suécia e tem previsão para ser lançado ainda este semestre no Brasil pela Editora Novo Conceito. Se você quiser ver fotos da Christina Rickardsson e saber mais, confira reportagem da BBC clicando aqui.

O ÚLTIMO BILHÃO –  PAUL COLLIER

Paul Collier é um economista  inglês que dedicou sua vida a estudar como reduzir a pobreza no mundo, especialmente daquele um bilhão de pessoas mais pobres. Ele acabou concluindo que é fundamental que o maior número possível de pessoas entenda como resolver esse problema, para isso, ele escreveu seu livro O Último Bilhão, que “pode ser lido na praia”. Ainda não há tradução do livro para o português, mas ele está disponível gratuitamente em inglês, clicando aqui.

Para quem não sabe se vale a pena lê-lo, vale a pena conferir a palestra de Paul Collier no TED (Duração: 16:51) com legenda em português, clicando aqui.



Muito obrigada a todos(as) que acompanham o nosso blog. Por favor, fiquem à vontade para compartilhar experiências e sugestões.


BOA SEMANA! BOAS LEITURAS!

Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)