Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

AMSTERDÃ E O BRASIL: HISTÓRIA E LITERATURA

Imagem
Amsterdã é capital e a cidade mais populosa do Reino dos Países Baixos. Amsterdã conta com um pouco mais de 800.000 habitantes. O Reino dos Países Baixos é um país soberano desde 2010, constituído por quatro nações, uma na Europa, também conhecida como Holanda, e três na América Central, Aruba, Curaçao e São Martinho, também conhecido como Caribe. Amsterdã deriva o seu nome do Rio Amstel, que corta a cidade. A cidade é circundada por canais que são considerados Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO.
A ERA DE OURO HOLANDESA E O BRASIL
A Holanda pertencia à Espanha. Em 1578, a burguesia de Amsterdã, que professava a religião calvinista, declarou sua independência do império colonial espanhol. Pouco a pouco, os holandeses começaram a investir em sua frota de navegação e começaram a fazer concorrência com as nações mais poderosas da época, Portugal e Espanha. Numa manobra inteligente, em 1602, os holandeses criaram a Companhia das Índias Orientais, a primeira companhia aberta nos m…

CATÓLICA, CONSERVADORA, MAS SOCIALISTA E DEFENSORA DOS DIREITOS INDÍGENAS? - GABRIELA MISTRAL

Imagem
“A Liberdade não é e nem deve ser uma espécie de qualidade ou de luxo que se pode possuir ou não possuir, não é isso, não.”
“A Liberdade é visivelmente uma função tão vital quanto respiração, e, quando ela falta ou desaparece, os organismos, que chamamos de cidades ou de Estados, degeneram e, às vezes, até morrem.”
“Todos recebemos honra e alegria por causa da Liberdade, porque seu bem, assim como o sol, enriquece e beneficia a todos.” 
(Gabriela Mistral, escritora chilena, Nobel de Literatura em 1945)
AFINAL, QUEM FOI GABRIELA MISTRAL?
Essa escritora chilena nascida na pequena cidade de Vicuña em 1889 e falecida na metrópole Nova Iorque em 1957. Ela recebeu a notícia que tinha ganhado o Nobel de Literatura em 1945, enquanto estava na cidade carioca de Petrópolis. Gabriela Mistral foi a quinta mulher laureada com o Nobel de Literatura. Até hoje, ela é a única mulher latino-americana agraciada com o prêmio.

E, ao contrário do que afirma a Wikipédia em português sobre ela, Gabriela Mistral nã…

SOY LATINO AMÉRICA! - TAL Y GABRIELA MISTRAL

Imagem
A TAL – Televisão América Latina é uma rede de intercâmbio de produções audiovisuais do nosso continente. O site compartilha documentários, séries e curtas. Ele foi criado em 2003 (quase 14 anos) e conta com um imenso acervo.
LITERATURA
Na aba vídeos do site da TAL, é possível escolher por temas. Entre eles, literatura. Em português, há documentários sobre os escritores, Carlos Drummond de Andrade, Paulo Coelho, Lima Barreto, Graciliano Ramos, José de Alencar, Guimarães Rosa, José Lins do Rego, João Cabral de Mello Neto, entre outros. O blog destaca dois documentários sobre as autoras imortais da Academia Brasileira de Letras (ABL), Rachel de Queiroz e Lygia Fagundes Telles.
VÍDEO CLIPES E MÚSICA
A Tal promove vários concursos e dá vários prêmios. Entre eles, um que premiou os melhores videoclipes independentes. Foram premiados os vídeos:
1. Música: Tu Tranquilidad (Metal Rock) – Artista: Coxis – País: Colômbia


2. Música: Like I do (Pop Rock) – Artista: Treboles – País: Chile


3. Música: Ci…

COMO SÃO POBRES OS RICOS DESTE PAÍS (DELÍRIO DE LAURA RESTREPO)

Imagem
Como são pobres os ricos deste país!” é uma frase atribuída ao narcotraficante Pablo Escobar no livro Delírio da escritora colombiana Laura Restrepo. No contexto do livro, o traficante está se referindo a elite colombiana. Trata-se de um romance de ficção, que estava na meta de leitura para este ano (confira todos os livros que já foram lidos clicando aqui).
Um marido recebe uma ligação de um homem desconhecido para ir buscar sua esposa num quarto de hotel, porque ela está muito mal. Chegando lá, ele a encontra tendo um surto psicótico, do qual ela não consegue se recuperar. A vida deste homem para completamente para cuidar da esposa e ele busca desesperada investigar o que aconteceu para que a mulher ficasse naquele estado. E no meio dessa saga, muitas outras “loucuras” que foram normalmente aceitas, como o narcotráfico na alta sociedade colombiana, emergem. Sob a ótica do texto, é possível se questionar, quem é mais insano, uma mulher que está tendo um delírio, ou uma sociedade que…