Nove Dicas para Começar a Ler em Outro Idioma!

Quando estamos aprendendo um novo idioma, precisamos desenvolver várias habilidades simultaneamente: a escuta, a fala, a leitura, a escrita e a inserção cultural. Nós podemos usar a leitura de textos no novo idioma, como base para desenvolver e aperfeiçoar as demais habilidades.

Mas, como? Antes de tudo, preciso avisar que tentar ler em outro idioma, pela primeira vez, dói. Isso mesmo, dói. Estudos, publicados na revista Nature, afirmam que para aprender novas coisas, nosso cérebro usa as mesmas regiões associadas a dor. Então aprender dói, quase literalmente.  A boa notícia é que essa sensação passa após alguns minutos de prática.

Algumas dicas para quem quer começar a ler em um novo idioma e superar a dor inicial:

Cérebro, Crescimento, Aprendizagem, Mentalidade, Escola

v    Reserve, todo dia, um tempo específico para ler. Pode ser, até mesmo, 5 minutos. O importante é que isso se torne um hábito. Para entender mais sobre a força disso, leia o livro O Poder do Hábito;

v    Marque esse tempo no relógio. Você pode usar o cronômetro do celular. Se você não marcar, corre o risco de que seu cérebro se engane e faça você abandonar a leitura ou se distrair. Deve ser uma leitura com foco, porém, relaxada;

v    Acredite na sua própria capacidade! Se você está aprendendo um novo idioma agora, com certeza, existem milhares de palavras e regras gramaticais que você ainda não conhece. Mesmo assim, leia! Vá correndo linha por linha e deixando que seu cérebro faça as associações e aprenda. No começo, é quase a sensação de pular de paraquedas. Apenas pule. Você vai se surpreender descobrindo que seu cérebro é capaz de aprender e entender muitas coisas. Você é muito mais inteligente do que imagina.

Para que sua leitura renda ao máximo é importante se preocupar também com a escolha do texto. Às vezes, um texto muito complexo pode desestimular. Procure textos, sempre que possível, adequados ao seu conhecimento.

Algumas dicas para escolha de um texto que vai te estimular:

v    Existem livros adaptados para estudantes de um idioma estrangeiro. Esses livros normalmente são classificados em: básico, intermediário e avançado.  Além disso, a União Europeia classifica o ensino de todos os idiomas de sua comunidade em: A1, A2, B1, B2, C1 e C3.  Para saber mais sobre o Quadro Europeu Comum de Referência de Línguas, clique aqui. Sempre que possível, escolha um livro adequado ao seu nível;

v    Um erro muito comum é tentar ler livros infantis em outros idiomas.  Livros infantis não são necessariamente escritos de uma forma mais fácil. A criança daquele país é um nativo daquela língua, portanto, ela teve uma exposição muito maior ao idioma do que você. Não espere que livros infantis sejam mais fáceis de ler;

v    Busque temas relacionados ao seu interesse. Não tente ler um artigo sobre economia, se você não se interessa pelo tema nem em português. Se você gosta de futebol ou moda, procure algo sobre esses temas no outro idioma;

v    Procure textos (de preferência adaptados) que você já leu em português. Por exemplo, quando eu era criança, gostava do livro As Aventuras de Tom Sawyer do escritor Mark Twain. Agora estou lendo uma adaptação desse livro em alemão. Fica mais fácil de entender algumas partes quando estamos familiarizados com a estória.

Globo, Mundo, Idiomas, Traduzir, Tradução

Além disso, durante o exercício da leitura, considere mais algumas dicas:

v    Tente entender o significado das palavras pelo contexto. Não interrompa sua leitura toda hora para buscar no dicionário. Isso pode te desestimular e prejudicar a sua compreensão do todo. Deixe a leitura fluir e não se preocupe se você não sabe o significado de algumas palavras. Você aprenderá no seu devido tempo;

v    Depois de ler alguma quantidade de páginas, feche o livro e escreva um resumo do que você leu no idioma que você está aprendendo. Esse pequeno exercício vai te ajudar a fixar o vocabulário e as expressões aprendidas. Aviso que essa atividade também dói no começo. É a que mais dói quando leio... Risos. Mas os frutos que você vai colher com ela valem muito a pena!

Feminino, Faculdade, Estudante, Escritório PessoasDesejo sinceramente que essas dicas possam ajudar você a se aperfeiçoar num novo idioma. E que sua leitura abra novos horizontes para a vida e que te permita dar passos sempre maiores. Pois, lembre-se, você tem potencial infinito!



Boas leituras! Boa semana a todos!

Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)