Conheça a obra de Marc Dugain

Marc Dugain é um escritor francês moderno, nascido no Senegal. Dois de seus livros são traduzidos para o português:

·                   A Maldição de Edgar, que conta a vida de John Edgar Hoover, chefe do FBI por décadas, que era homossexual;

·                   Uma Execução Comum, também baseada num fato real, um submarino russo que ficou preso no fundo do mar.

Principais obras de Marc Dugain.

A obra prima de Marc Dugain é La Chambre des Officiers (O Quarto dos Oficiais), que virou um filme, mas ainda aguarda tradução para o português.

O mercado editorial tem razões que a própria razão desconhece... Não dá para entender porque não traduzir a obra mais famosa de um escritor e traduzir as outras.


Cartaz do filme nos EUA.

O Quarto dos Oficiais é um livro em homenagem ao avô de Marc Dugain, um veterano mutilado da Primeira Guerra Mundial. Ele narra a história de um jovem oficial engenheiro, que deixa seu amor para ir à guerra. No primeiro dia no campo de batalha, ele pisa numa mina, que não lhe mata, mas lhe arranca a face.

Para não assustar a população e os jovens soldados, o governo trancafiava todos os mutilados no Hôtel des Invalides (Literalmente Hotel dos Inválidos, hoje prédio do Comando do Exército Francês e Museu do Exército). Os oficiais tinham um quarto separado. Quanto mais tempo durava a Guerra, mais mutilados eram trancados lá dentro.

É chocante a descrição de acordar sem saber o que acontecera, tentar usar a língua e não sentir o céu da boca. Ter um céu da boca é uma bênção tão natural que nem percebemos como seria terrível perdê-lo.

O livro trata dos dramas e das expectativas desses homens (e uma mulher). Como eles enfrentaram a vida depois que a guerra terminou. É um livro belíssimo.

O final é extraordinário. Um amigo pergunta ao outro: “E, afinal, o que faremos amanhã?”. A resposta é tocante.

Bom fim de semana. Boa leitura.


Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)