ÉTICA DO JOVEM E A PREPARAÇÃO PARA A VIDA

Olá, amigos!

Desculpe-me o atraso. Estou visitando meus pais e isso comprometeu um pouco as minhas leituras. 

 O escritor angolano João Canda gentilmente aceito compartilhar alguns dos seu trabalhos conosco. É um privilégio publicar seu texto:

 "Desde os meus 16 anos, as minhas leituras estão focadas especialmente em textos que levam à auto reflexão e inspiração para hábitos pessoais produtivos. Isto motivou-me em 2002 a começar a escrever esta minha primeira obra. 

 É verdade que é uma obra escrita sobre bases das experiências da minha própria vida, mas também há nela uma serie de experiências de outrem e pesquisas. Uma obra onde não comento regras, mas sim apresento uma construção de opiniões e conhecimentos, que poderão promover reflexão, expansão dos horizontes da inteligência e produzir mudança de postura e atitude. 

 Porém, acredito que obra, publicada há cerca de 6 anos, tem despertado o coração dos jovens da nova geração em especial, uma vez que lutam pelo sonho de todos os seres humanos, o de tornarem-se felizes. Mas jamais estiveram perdidos nesse labirinto, difícil de se descobrir a saída, mas também fácil de o encontrar. 

 Desde sempre, e até mesmo nas comunidades antigas, ser jovem sempre significou um período de desenvolvimento que comporta muitos desafios, como fazer escolhas, que são semelhantes em todas as culturas, diferenciando-se apenas no contexto em que isso acontece. 

 O mundo está em constante mudança e nenhum país poderá ficar de fora dessa realidade. Uma grande onda e violência causada pela própria juventude, motivada por vários aspectos, assola a nossa geração de forma massiva. Os meios de comunicação não param de noticiar o comportamento negativo que boa parte da juventude vem apresentando. 

 Isso reflete a necessidade do resgate dos valores morais e cívicos e uma preparação eficaz para a vida. E por mais incrível que pareça, a ausência desses princípios tem originado muitos dos problemas sociais que enfrentamos hoje. 

 No entanto, precisamos continuar a intervir com maior eficácia, afim de ajudar a mudar o comportamento que a juventude apresenta e que tem afectado a todos e que resultar em problemas sociais que influenciam o estado psicológico e físico não só da própria juventude, como de toda sociedade em geral. 

 A falta de ética e a má preparação para vida, são as principais bases de muitos factos sociais negativos que testemunhamos hoje. Grande parte das patologias psicológicas e físicas, poderiam ser evitadas se fosse resgatada a ética e se os jovens fossem bem preparados para a vida. 

 Enquanto é tempo, cada um de nós deve olhar para trás e refletir sobre o que vem plantando para dar verdadeiro significado à vida, um significado que transcenda o lugar comum da existência humana. 

 Precisamos nos tornar capazes de gerenciar nossos sentimentos, emoções e pensamentos. Esta capacidade resultará numa atitude de ética e direta ou indiretamente refletirá na preparação dos jovens para a vida. 

 Nessa obra, convido os leitores a testarem um novo jeito de viver, refletir e fazer uma introspecção das nossas vidas. 

 Já alguma vez nos questionamos, qual é a nossa tendência natural? Quantas pessoas nos dias de hoje falam a favor daqueles que não podem defender-se? Quantas pessoas nesse universo fazem aos outros aquilo que esperam que lhes façam? Qual é o destino das pessoas? Para onde querem chegar e como chegar? Como consideram a vida? O atual modo de viver, clarifica a valorização da vida? 

 Uma das mais antigas instituições na terra, é a família, e ela cumpre um papel preponderante na sociedade. A família, é uma estrutura permanente. Qual é o real valor que cada um atribui a esta estrutura permanente? Pais que violam seus filhos; filhos que tiram as vidas de seus pais; pais que espancam suas esposas em frente dos filhos; casais que destroem seus lares construídos com sacrifícios durante anos, por fantasia e aventura; jovens com dois, três filhos cada um com seu pai…e a lista é enorme! 

 A grande responsabilidade para a construção de uma educação para a cidadania, foi entregue nas mãos da família, o que reforça ainda mais o seu papel. 

 Precisamos de famílias inovadoras ou então, continuaremos a produzir seres de fôlego curto e de intuição limitada. Precisamos compreender que o amor é o primeiro passo para a constituição da família, e que este amor contém três elementos básicos, especificado nesta obra

 Perguntem-se uns aos outros, que caminho prosseguir para sermos felizes? Precisamos também entender que as necessidades quase nunca deveriam guiar as nossas vidas e a dos jovens, mas sim nossas opções vividas coerentemente, tendo por base os grandes valores e os verdadeiros como, o amor pela família, respeito pelo cônjuge, atenção e proteção aos filhos, dignidade e generosidade. 

 De uma maneira ou de outra, precisamos todos de ajuda, aconselhamento, de conceitos filosóficos e psicológicos, para refletirmos sobre o nosso comportamento, nosso nível de mentalidade de ética, e consequentemente, mudarmos os hábitos improdutivos.

  Mas a minha atenção, prende-se com o meu objetivo, que é, contribuir e disponibilizar ferramentas para estimular o debate de ideias, para que o leitor ao compreender meus pensamentos, opiniões e construção de conhecimento, reflita sobre as suas, e se estiver no caminho certo, que continue, se não, que procure incorporar na sua vida, desenvolver uma consciência crítica, e proteger sua emoção. 

 O mundo liberal criou-nos a ideia de que somos autossuficientes. Não é verdade. Precisamos de ajuda e de aconselhamento. Mas muitas vezes, se alguém nos oferece aconselhamento e orientação, repelimos. Características da atual juventude. 

 Estou e estarei aberto a qualquer crítica construtiva dessa obra, sugestões e ideias, bem como qualquer conselho que poderá contribuir na minha carreira de escritor. Estou consciente de que esta obra, é o cimentar de uma responsabilidade para com a sociedade. Mas afirmo, que para esta se efetivar, preciso de ajuda de todos, sem exceção, assim, como tive a ajuda de muitos para atingir esta importante meta em minha vida.

 Ética, um lema para o nosso comportamento; Preparação para a Vida, uma condição fundamental para o alcance da felicidade. 

 Desejo-vos uma boa leitura."



Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)