Poemas e contos de um Natal brasileiro

O poeta tem intimidade com a verdade”. Com a inspiração do Dia de Natal, seguem alguns belos poemas da Literatura Brasileira:

Poesia de Natal

Enfeite a árvore de sua vida
com guirlandas de gratidão!
Coloque no coração laços de cetim rosa,
amarelo, azul, carmim,
Decore seu olhar com luzes brilhantes
estendendo as cores em seu semblante

Em sua lista de presentes
em cada caixinha embrulhe
um pedacinho de amor,
carinho,
ternura,
reconciliação,
perdão!

Tem presente de montão
no estoque do nosso coração
e não custa um tostão!
A hora é agora!
Enfeite seu interior!
Sejas diferente!
Sejas reluzente!

Poema de Cora Coralina, pseudônimo da poetisa Anna Lins dos Guimarães Peixoto Bretas (1889-1985). A poetisa nasceu e morreu no Estado de Goiás. Recentemente teve sua vida transformada em filme: Cora Coralina - Todas as Vidas



Balada para o Natal

Senhor...
Parece que estou triste...
Nem sei se o que procuro existe
Ou se persiste
O meu Natal ausente
Nas orlas do passado...Outrora...
Meu Papai Noel diferente
Magro e sem barbas
Diferente desse que vejo agora
Perambulando pelas ruas nuas...
Vendendo sorrisos e simpatias...
Dando alegria.

Senhor...
Esse Papai Noel que existiu
E minha vida de primaveras floriu
já partiu
Deixando a lembrança de outros natais
Diferentes daqueles que não voltam mais!

Mas tudo mudou
O tempo voou
Papai Noel engordou
Se transformou...
Hoje...agora...a tristeza passou...
Quanta gente na rua
a lua
Mescla de sonhos risonhos
de luzes que se balouçam
Nas árvores prateadas das lojas enfeitadas...
Papai Noel distribuiu
Brinquedos a granel
Sorrisos a toda gente
Alegria...
Um Natal diferente
é o que eu queria...

Muita paz, muita alegria...
Felicidade, amizade,
Euforia, simpatia,
Doçura, ternura,
Nobreza, pureza,
Paz, muita paz...
O que importa 
Não é o Papa Noel
Que dá brinquedos a granel...

O que importa não é uma esperança morta...
nem a saudade...Nem o abraço
que se recebeu
O que importa é que a estrela do bem apareceu
Trouxe paz ao mundo 
Trouxe amor profundo...
O que importa
É que JESUS nasceu!

Escrito por Maria Margarida Nocera Alves, poetisa que nasceu e viveu na cidade de Franca (interior de São Paulo).

Tempo

Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias,
a que se deu o nome de ano,
foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano
se cansar e entregar os pontos.
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez
com outro número e outra vontade de acreditar
que daqui para adiante vai ser diferente...
...Para você,
Desejo o sonho realizado.
O amor esperado.
A esperança renovada.
Para você,
Desejo todas as cores desta vida.
Todas as alegrias que puder sorrir.
Todas as músicas que puder emocionar.
Para você neste novo ano,
Desejo que os amigos sejam mais cúmplices,
Que sua família esteja mais unida,
Que sua vida seja mais bem vivida.

Gostaria de lhe desejar tantas coisas.
Mas nada seria suficiente...
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos.
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada minuto,
ao rumo da sua FELICIDADE!!!

Um clássico do poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade (1902 – 1987), que viveu grande parte da sua vida no Rio de Janeiro e atualmente é homenageado com uma estátua na Praia de Copacabana.

Para quem não curte tanto assim poesia...

Nos países da Europa, parece ser uma tradição publicar contos natalinos. O escritor Charles Dickens (1812-1870), escrevia um todos os Natais. É possível ler em português a tradução do seu conto mais famoso (clique aqui para saber mais).

Até o escritor russo Dostoiévski (1821-1881) parece ter “entrado na onda”. Ele também escreveu o conto A Árvore de Natal na Casa de Cristo, que você pode ler gratuitamente no site Lê Livros (clicando aqui). Mas prepare um lenço, porque é uma estória muito triste.

Mas...se você está um pouco cansado de contos de Natal com neve, enquanto aqui no Brasil faz 40 graus, e você quer passar o dia na piscina, existe, pelo menos um, livro natalino ambientado na nossa realidade: Contos para um Natal Brasileiro. O livro é uma coletânea de contos natalinos de vários autores brasileiros.



Você também pode encontrar alguns desses contos gratuitamente na internet. Entre eles, a recomendação de hoje é Natal na Barca de Lygia Fagundes Telles (imortal da ABL). Um conto belíssimo. Clique aqui, para lê-lo. Além disso, há o clássico conto de Machado de Assis, Missa do Galo. A estória de uma sedução de um rapaz de 17 anos por uma mulher de 30 na noite de Natal. Leia na íntegra, clicando aqui.

Bom Natal a todos(as) os(as) leitores(as) do nosso blog!

 Se você gostou, por favor, deixe seu comentário, compartilhe, ajude a divulgar nosso blog. 

Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)