Hoje vamos falar de Tag Along!

Transcrição de um trecho do livro Sonho Grande sobre a fusão da Ambev e a Interbrew, uma das maiores cervejarias do mundo. Os comentários do blog estão entre [].


“Nenhuma crítica ao negócio [fusão da Ambev com a Interbrew] foi mais sentida por Jorge Paulo Lemann do que reportagem publicada pela revista britânica The Economist poucas semanas depois. Para a revista, o mercado de capitais brasileiros, que permitia a existência de duas classes de ações – ordinárias (as chamadas ON, com direito de a voto) e preferencias (PN, sem direito a voto) -, prejudicava os [acionistas] minoritários. O caso da Ambev, segundo a publicação, era emblemático dessa anomalia. Como manda a Lei das S/A, que regulamenta as empresas listadas na Bovespa, a Interbrew fez uma oferta pública para comprar ações ordinárias (com direito a voto) que não estavam  na mão do trio de empresários [acionistas majoritários, os “donos” na linguagem popular]. Assim, quem tinha nas mãos papéis PN se sentiu prejudicado  - nas palavras da revista, esses acionistas sentiam que acabaram com “lixo” nas mãos.”

Entendeu? Calma, calma, vamos por partes. É muito importante que todos, absolutamente todos e todas, saibam entender notícias econômicas. Isso vai ajudar você a entender o mundo ao seu redor, ser menos enganado e consequentemente sofrer menos.

Quando uma empresa está listada na Bovespa, ela tem papéis à venda nas mãos de várias pessoas (físicas e jurídicas). Mas, obviamente, algumas têm uma quantidade grande de ações, portanto, são majoritárias ou controladoras (vulgarmente conhecidas como “donas”) e outras pessoas são minoritárias.

Como eu posso saber quem são os acionistas majoritários de uma empresa? Veja ao final do texto.

E o que acontece quando uma empresa listada na Bovespa é vendida? Quando uma empresa é vendida, os compradores são obrigados a fazer uma oferta de compra para os minoritários (que têm ações OR) no valor de, pelo menos, 80% do que foi pago aos majoritários.

E aqueles minoritários que têm apenas ações PN? Pra esses, que, muitas vezes, é o caso da maioria das pessoas físicas, ninguém é obrigado a pagar nada. Ou seja, seu papel corre o risco de “virar pó” de um dia para o outro. Era isso que os acionistas minoritários (PN) da Ambev tinham medo e que a revista The Economist estava criticando.

Como você pode se livrar desse risco? As empresas podem, por livre e espontânea vontade, optar por preservar os direitos dos minoritários. Nesse caso, elas escolhem optar pelo Tag Along. Caso elas sejam vendidas, todos os minoritários devem receber, pelo menos, 80% do que foi pago aos majoritários. Existe um índice composto só por empresas na Bovespa que optaram Tag Along. O nome desse índice é ITAG. Quando você for começar a investir, priorize empresas que têm Tag Along.

Afinal, como eu posso saber quem são os acionistas majoritários de uma empresa?

Entre no site da BMF&Bovespa. Digite “Empresas Listadas” na busca. Você pode buscar por ordem alfabética ou digitar o nome da empresa. No caso, o exemplo é Ambev. Digite e clique no nome da empresa.  Desça a barra de rolagem até “Posição Acionária”. Lá você encontrará quem controla a empresa. Ao final, você encontrará a lista dos principais acionistas (aqueles com mais de 5%) de algumas empresas brasileiras.



Note que apesar de ser uma empresa "privada", o governo controla indiretamente mais de 70% da empresa JBS. Isso é muito comum para várias empresas "privadas" do mercado brasileiro. 



Boas leituras! Boa semana a todos!


Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)