Walden - H.D. Thoreau




O livro Walden do norte-americano H.D. Thoreau foi publicado em 1854. E serviu de inspiração para diversos escritores e filósofos.
Thoreau era o filho do dono de uma fábrica de lápis na pequena cidade de Concord, Nova Inglaterra. Ele nunca se ajustou a nenhum trabalho convencional e não conseguiu concluir a universidade.
Então ele decidiu construir, sozinho, uma cabana às margens do Lago Walden. E lá viveu por mais de dois anos. Só comia o que conseguia produzir, ou seja, apenas com o mínimo necessário.
No livro Walden, Thoreau expõe suas ideias de vida e abrange diversos temas, além de narrar detalhamente sua experiência de afastamento da sociedade. Nota-se que ele foi muito influenciado pelos clássicos do hinduísmo. E já é bastante impressionante que naquela época (1854), Thoreau conhecesse essas obras, sem quase nunca ter saído da sua cidade Natal.
Transcrevo algumas citações doWalden sobre a leitura de livros clássicos. Pois, em minha opinião, também se aplicam à leitura da Bíblia (o maior clássico de todos os tempos):

“Ler bem, isto é, ler livros verdadeiros com espírito verdadeiro, é um exercício nobre, e que exigirá do leitor mais do que qualquer exercício valorizado pelos costumes do momento. Requer um treino como dos atletas e dedicação constante quase da vida toda a esse objetivo. Os livros devem ser lidos com a deliberação e a reserva com que foram escritos.”

“Os livros heroicos, mesmo impressos no alfabeto de nossa língua materna, sempre estarão numa língua morta para os tempos degenerados; e precisamos buscar laboriosamente o significado de cada palavra e verso, conjeturando, a partir da sabedoria, do valor e da generosidade que tivermos, um sentido mais amplo do que permite o uso comum.”
Boas leituras e boa semana a todos!

Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)