A Queda - Albert Camus

 Albert Camus é um escritor francês, nascido na Argélia e ganhador do Prêmio Nobel em 1957. 

 Seu pai morreu quando ele era criança e sua família foi obrigada a se mudar para Argel, capital do seu país de origem. A infância de Camus foi extremamente pobre, sua mãe era lavadeira de roupa e ele trabalhava com um tio numa oficina. Ele chegou abandonar o ensino médio. Mas dois de seus professores o ajudaram, conseguindo bolsas de estudo para ele, até que ele se graduasse em Filosofia. 

 O livro mais conhecido de Camus é O Estrangeiro. Ele tem muitos traços em comum com A Queda. Ambos são narrações em primeira pessoa de um personagem masculino passando por um evento que muda tragicamente sua vida.


 No caso de A Queda trata-se de um ex-advogado francês, que teve muito sucesso na carreira, mas se tornou alcoólatra, perdeu tudo e foi parar em Amsterdã. Nessa cidade, ele conta para um interlocutor, um turista francês, como e porque chegou nessa condição de miséria. É um livro pesado, mas vale muito a pena lê-lo.

Uma passagem que chamou minha atenção:

"Sabe, ouvi falar de um homem cujo amigo haviam prendido e que todas as noites se deitava no chão de seu quarto para não gozar de um conforto do qual havia sido privado aquele que ele amava. 

Quem, meu caro senhor, quem se deitará no chão por nós? 

Se eu mesmo seria capaz disso? Escute, gostaria de ser, sê-lo-ei. Sim, seremos todos capazes disso, um dia, e representará a salvação." 

É interessante que ela está na página 26 da edição Best Bolso, ou seja, bem no comecinho do livro, num diálogo que não parece relevante. Mas nas últimas páginas (o livro tem 111), o autor retoma essa metáfora e fecha a estória com genialidade. 

Leitura recomendada!

Bom fim de semana a todos!

Comentários

POSTS MAIS LIDOS

Psicologia Feminina: A Necessidade Neurótica de Amor

A Personalidade Neurótica de Nosso Tempo - Karen Horney

Éramos Seis, Irene Ravache, Moçambique e Angola

O Caminho dos Justos – Moshe Chaim Luzzatto

A SIMETRIA OCULTA DO AMOR - BERT HELLINGER

Daniela e os Invasores - Dinah Silveira de Queiroz

"Sei que muitas vezes eu mesmo fui um obstáculo no meu caminho, mas isso acabou"

Diamante banhado em sangue, a história do Estrela do Sul

Como acabei perdendo meu coração - Doris Lessing (Nobel de Literatura em 2007)